Linhas de ônibus ainda operam com alterações em Petrópolis

As interdições viárias em Petrópolis continuam prejudicando a operação do transporte público. Oito linhas de ônibus estão com o atendimento parcialmente comprometido, nesta segunda-feira (17), em razão dos reflexos da chuva. Entre os principais problemas identificados estão a abertura de buracos, afundamento de pista, obras e riscos de deslizamentos em algumas regiões.
Desde as primeiras horas do dia, o ônibus que faz a linha 104 – Vila Militar não está operando até o ponto final, devido à queda de uma árvore na Rua Duque de Caxias, próximo à guarita do batalhão. Com o trecho interditado, o coletivo da Cidade Real está circulando somente até a entrada da Rua Itália, que fica a dois quilômetros do ponto final.
Também nesta segunda, a Petro Ita está impossibilitada de atender um trecho de 514 metros da Rua Antônio da Silva Ligeiro, em razão de uma obra viária na localidade. Com isso, a linha 402 – Taquara está parando no antigo ponto final do bairro.
A Cidade das Hortênsias continua com alterações na operação de três linhas. Com a interdição da Rua Pedro Elmer, devido ao risco de deslizamento de terra na pista, os ônibus que faziam a linha 330 – Terminal Corrêas (Via Pedro Elmer) foram deslocados ao atendimento da linha 300 – Terminal Corrêas. O trecho permanece totalmente interditado, sem previsão de liberação.
O mesmo acontece com a Rua Edson Carlos de Souza. Com a possibilidade de queda de barranco, o atendimento da linha 321 – Alto Alcobacinha foi suspenso até o ponto final. O coletivo está manobrando 400 metros antes, na localidade popularmente conhecida como “bomba da Águas do Imperador”.
Já no Spartaco Banal, a abertura de um buraco na comunidade está alterando, há 10 dias, o itinerário da linha 310 – Spartaco Banal que, provisoriamente, está se deslocando sentido Cascatinha. O coletivo está atendendo ao ponto final, porém, sem operar por um trecho de aproximadamente 300 metros da Rua Pedro Elmer.
A empresa Cascatinha está com interferência na operação da linha 516 – Roseiral. Uma obra na Rua Virgílio de Sá Pereira Júnior está impossibilitando o atendimento a um trecho de 210 metros até o ponto final. O coletivo está manobrando em frente à Igreja Nossa Senhora Aparecida.
Também com alterações na operação, a Turp Transporte continua com a suspensão temporária do atendimento da linha 717 – Circular Posse, em razão do afundamento de um trecho da Estrada do Juruá, no bairro Nossa Senhora de Fátima. A linha 719 – Madame Machado não está atendendo a aproximadamente 1,2 quilômetro da região Jardim Americano, em razão do afundamento da via.
O Setranspetro orienta que os passageiros baixem os aplicativos “Vá de Ônibus”, “Cittamobi”, “Petro Ita” e “Cascatinha”, para acompanhar em tempo real a localização dos ônibus em Petrópolis.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: