Por conta do aumento de casos de covid-19, rede de saúde tem novo fluxo de atendimento


Pessoas com sintomas leves devem procurar seis polos de testagem e atendimento que serão montados em todo o município

A Prefeitura anunciou, nesta quinta-feira (20), um novo fluxo para testagem e atendimento com relação à covid-19 na rede de urgência e emergência, que começa a funcionar já na manhã desta sexta-feira (21). A mudança acontece devido ao aumento no número de casos e, por consequência, a maior demanda nas unidades do município. A medida tem por finalidade orientar a população e reorganizar a rede.
Serão montados seis polos de testagem e triagem para o atendimento da covid-19, com tendas para atender o público e equipe com enfermagem, médico clínico e pediatra. Estes espaços funcionarão nas UPAs do Centro e de Cascatinha; no Pronto-Socorro Leônidas Sampaio, no Alto da Serra; e nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) do Quitandinha, Retiro e Itaipava.
As unidades de urgência e emergência serão destinadas para quem tem sintomas graves, como, por exemplo, falta de ar. Quem se enquadrar nesta categoria deve procurar atendimento nas três UPAs (Centro, Cascatinha e Itaipava), o Pronto-Socorro do Alto da Serra e os Serviços de Pronto-Atendimento de Pedro do Rio e da Posse. Pessoas assintomáticas que tiveram contato com infectados pela covid-19 devem procurar o primeiro atendimento na Unidade Básica de Saúde ou Posto de Saúde da Família mais próximo.
Durante a reunião do Comitê Científico de Enfrentamento à Covid-19, nesta quinta-feira (20), o prefeito Rubens Bomtempo destacou que o combate ao Coronavírus exige planejamento e organização da rede. “O aumento na demanda é perceptível, impactando as nossas UPAs e demais unidades de saúde. Esse fluxo tem o objetivo de organizar o atendimento, adequando a essa nova demanda”, disse, anunciando que o município prepara uma grande campanha de sensibilização da população sobre os cuidados necessários com a pandemia.
O secretário de Saúde, Marcus Curvelo, considera o redimensionamento fundamental para este novo momento. “A pandemia ainda não acabou. Pelo contrário, tem demonstrado força com essas novas variantes. Cabe a nós entender e nos organizar para este enfrentamento, que deve ser dever de todos, desde as ações mais simples, como uso de máscara, álcool em gel e o distanciamento social”, lembrou.
“É importante destacar que este fluxo é dinâmico e pode ser reavaliado de acordo com o panorama da pandemia no município”, explicou o presidente do Serviço Autônomo do Hospital Alcides Carneiro (Sehac), Ricardo Patuléa.

“Tive sintoma da covid. E agora?”
• Pessoas assintomáticas que tiveram contatos com infectados devem procurar o Posto de Saúde da Família (PSF) ou a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima;
• Pessoas com sintomas leves podem procurar seis polos de testagem e atendimento: UPAs Centro e Cascatinha, UBS Itaipava, UBS Retiro, UBS Quitandinha e Pronto-Socorro Leônidas Sampaio (Alto da Serra). Todos estes locais terão tendas montadas para atender à maior demanda. Lá, o paciente passará por triagem e fará o teste rápido de swab (antígeno). A pessoa será atendida por um médico (cada polo terá um clínico e um pediatra) para avaliação primária, prescrição de medicamento e, caso necessário, atestado de afastamento.
• Pessoas com sintomas graves (como, por exemplo, falta de ar) devem procurar pronto-atendimento nas três UPAs (Centro, Cascatinha e Itaipava), Pronto Socorro Leônidas Sampaio (Alto da Serra) e os Serviços de Pronto-Atendimento (SPA) da Posse e de Pedro do Rio.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: