CÂMARA PROMOVE AUDIÊNCIA PÚBLICA PARA TRATAR DE PROBLEMAS DE FALTA DE ENERGIA ELÉTRICA EM PETRÓPOLIS

A Câmara Municipal promoveu, na última quarta-feira (19), uma audiência pública, convocada pelo vereador Júnior Coruja (PSD), para tratar sobre a qualidade dos serviços prestados pela concessionária Enel, empresa de distribuição de energia elétrica em Petrópolis. A reunião debateu sobre a falta de luz em vários pontos da cidade, principalmente nos dias que antecederam a virada de ano e nos primeiros dias de 2022, a ausência de informação e a demora no restabelecimento do fornecimento de energia.
Na primeira semana de janeiro, os vereadores Junior Coruja e Hingo Hammes, cobraram providências da ANEEL, de comissões da Alerj e da Câmara dos Deputados e solicitaram apoio para garantir o cumprimento do contrato da ENEL, com uma melhor prestação de serviços. “O objetivo é assegurar a população não apenas um plano de emergência para casos urgentes, mas também a manutenção preventiva de toda a rede, de forma a reduzir os riscos de interrupção no fornecimento de energia, pois não podemos aceitar que moradores e comerciantes fiquem até três dias contabilizando prejuízos, esperando por reparos, como vi em Araras, onde moro, por exemplo”, comenta Coruja.
“É preciso que a concessionária atue com mais celeridade, identificando os problemas e colocando equipes extras para atuação em casos de emergência. Precisamos encontrar soluções urgentes para uma melhor prestação de serviços -, destacou o presidente da Câmara”, vereador Hingo Hammes.
Buscando solucionar tais questões, Junior Coruja elaborou um relatório contendo todas as reclamações recebidas em seu gabinete e apresentou, durante a audiência, aos representantes da Enel, que justificaram os atuais problemas dizendo que houve um grande número de ocorrências, devido às fortes chuvas na cidade.

Já o coordenador do Procon Petrópolis, Fafá Badia, rebateu dizendo que a empresa deveria estar preparada para estas ocasiões, pois o índice de chuvas nesta época do ano é recorrente. “O Procon está à disposição dos petropolitanos para defender o interesse do consumidor que se sentir lesado”, reiterou.
O vereador Júnior Paixão (DC) também fez críticas aos serviços prestados pela Enel, alegando que “o povo não consegue ser atendido pela empresa da forma que merece, mesmo pagando contas caríssimas”. Já Dr. Mauro Peralta (PRTB) alegou que empresas querem vir para o Polo Industrial da Posse e não conseguem por conta de problemas relacionados à falta de condições de distribuição de energia elétrica. Sobre este assunto os representantes da Enel alegaram desconhecer a situação.
Moradores de Araras e regiões adjacentes estiveram presentes e também contaram como sofreram com a falta de luz no bairro. Em algumas localidades, foram mais de três dias seguidos, gerando prejuízos para particulares e para quem tem negócios na região.
Na ocasião, a Enel informou que alinhou com a Prefeitura um mutirão de poda de árvores e foi marcada uma nova audiência pública, a ser realizada no dia 20 de abril, às 19h, na Câmara Municipal, para que a empresa preste contas sobre ações realizadas entre janeiro, fevereiro e março e apresente um cronograma para 2022 com as ações preventivas para que os problemas antigos sejam minimizados. O vereador Fred Procópio (PL) sugeriu que haja fiscalização e acompanhamento do poder público através de uma comissão interna na Casa Legislativa.
Por fim, o vereador Júnior Coruja informou que irá pessoalmente fazer uma representação junto a ANEEL e extrair peças e encaminhar para o Ministério Público e para a Comissão de Minas e Energia, em Brasília, através do Deputado Hugo Leal. “Me coloco à disposição para todo o tipo de ajuda, para que os serviços oferecidos pela Enel sejam mais satisfatórios e o povo não venha a sofrer novamente com a falta de energia elétrica. Agradeço a presença de todos os representantes das esferas Municipal, Estadual e Federal que contribuíram para que pudéssemos estreitar o diálogo do poder público com a prestadora de serviço e, com isso, tentar evitar problemas futuros para os munícipes”, finalizou Coruja.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: