Polícia Civil prende dupla acusada de realizar procedimento estético clandestino e provocar morte de mulher em Teresópolis

A 110ª DP (Teresópolis) prendeu, nesta terça-feira (15/02), um homem e uma mulher acusados de realizar um procedimento estético clandestino e provocar a morte de Cintia Ponte da Silva. Contra eles foram cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão. A ação teve apoio do Ministério Público.
Segundo os agentes, no dia 25 de janeiro deste ano, a vítima foi submetida a um procedimento conhecido como bioplastia, em que foi aplicada uma substância conhecida como polimetilmetacrilato nos glúteos. Cintia começou a passar mal e foi levada para um hospital, onde foi internada em estado gravíssimo e morreu dias depois por embolia pulmonar.
Após o fato, a equipe da 110ª DP levantou informações e descobriu um dos responsáveis pelo procedimento, que não é médico e não possui habilitação. O autor tem como costume divulgar seus procedimentos em redes sociais para atrair clientes. Durante a investigação, os policiais constataram que outra vítima também realizou cirurgia semelhante há cerca de 11 anos e que até hoje tem sequelas graves.
A delegacia solicitou à Justiça mandados de prisão e de busca e apreensão, que foram decretados e cumpridos nesta terça. Os autores responderão por homicídio doloso.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: