qui. jun 30th, 2022

Presa madrasta suspeita de envenenar enteados no Rio

A madrasta suspeita de envenenar dois enteados em Realengo, na zona oeste do Rio, teve a prisão temporária decretada pela Justiça nesta sexta-feira (20). A mulher se apresentou à delegacia, mas se reservou ao direito de ficar calada.
Em entrevista ao Cidade Alerta RJ, o delegado Flávio Rodrigues, da 33ª DP (Realengo), confirmou que a suspeita é investigada pela tentativa de homicídio do enteado de 16 anos por envenenamento e do assassinato de Fernanda Carvalho, de 22 anos.
A jovem morreu em março, após parada cardíaca. No mês seguinte, o irmão foi internado com sintomas parecidos, mas conseguiu se recuperar. Os dois teriam passado mal após ingerirem comida preparada pela madrasta.
Responsável pela investigação, Flávio Rodrigues comentou a informação de que o menino teria visto “bolinhas azuis” no feijão.
“Ela alega que as ‘bolinhas azuis’ encontradas na comida seriam caldo de galinha, que não foi dissolvido. Porém, com o desenvolver da investigação, chegamos à conclusão que não, tratava-se de substância tóxica, a qual levou o enteado a ser socorrido no Hospital Municipal Albert Schweitzer”.
O delegado disse ainda que a madrasta teria confessado o crime aos próprios filhos. A motivação teria sido ciúme do marido.
Na casa da mulher, os investigadores encontraram veneno para pulga próximo ao cooktop. O material foi recolhido para perícia.
Além disso, a substância que estava no corpo do adolescente foi encaminhada para análise.
Na investigação sobre a morte da jovem, a polícia pretende analisar o prontuário médico e ainda avalia a necessidade de exumar o cadáver.

Fonte: R7

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: