qui. jun 30th, 2022

Família de Dom Phillips critica desencontro de informações e cobra embaixada

A família do jornalista britânico Dom Phillips divulgou, na manhã desta terça-feira, 14, um comunicado com esclarecimentos sobre as informações que recebeu na segunda-feira, 13, sobre a suposta descoberta dos corpos do repórter e do indigenista Bruno Pereira, desmentida pela Polícia Federal em seguida.
Assinado por irmãos, esposa, cunhados e sobrinhos de Phillips, o texto diz que a família recebeu uma ligação de Roberto Doring, da embaixada brasileira em Londres, às 8h30 da manhã da segunda-feira, no horário de Londres.
O ministro-conselheiro teria informado que dois corpos haviam sido encontrados, mas que ainda não havia identificação. O parecer foi compartilhado pela família com jornalistas da emissora Globonews. “No momento, às 8h30 do Reino Unido em 14 de junho, não temos atualização dessa informação e, para complicar nossa situação já angustiante, fomos informados de forma confiável que a Polícia Federal no Brasil está contradizendo isso”, diz a nota.
“Só podemos esperar que, com o tempo, entendamos o que aconteceu”, afirma o comunicado, divulgado em inglês.
A Polícia Federal divulgou nota negando a localização dos corpos. A corporação disse ter encontrado “materiais biológicos” que foram encaminhados para perícia, como já havia sido comunicado anteriormente. A expectativa é que o resultado da perícia desses materiais seja concluída ainda esta semana.

Vaquinha
Junto ao comunicado, a família de Phillips divulgou uma vaquinha para levantar fundos na ausência do jornalista. “Neste momento trágico, em que essas famílias têm tanto com que se preocupar, o dinheiro não deveria ser mais uma preocupação. Dom, Bruno (Pereira), Alê (Alessandra Sampaio, mulher de Dom), Beatriz (Matos, mulher de Bruno) e seus filhos precisam de nossa ajuda não só para pagar as contas, mas também para cobrir novos custos que vão surgindo à medida que continuam as buscas. Mesmo a menor doação é valiosa. Juntos podemos mostrar que essas almas corajosas não estão sozinhas e que estamos unidos por trás delas.”

Leia a íntegra do comunicado
Dom Phillips e Bruno Pereira desapareceram durante uma viagem de pesquisa à região do Javari, na Amazônia brasileira, em 5 de junho de 2022.
Desde então, acompanhamos os desdobramentos, que incluem relatos de achados de objetos pessoais e roupas e agradecemos a todos que participaram da busca, mesmo sob condições difíceis.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: